Alibaba bate recorde na Bolsa de Hong Kong

Gigante do ecommerce chinês angaria 12,9 mil milhões de dólares com oferta secundária.

A Alibaba vai encaixar cerca de 12,9 mil milhões de dólares com a venda de acções na Bolsa de Hong Kong, depois de ter recebido luz verde este mês para estar cotada naquele mercado.

Esta foi a maior venda de acções naquela Bolsa nos últimos nove anos, de acordo com a agência Reuters, e um recorde mundial para uma oferta de acções secundária transfronteiriça.

Recorde-se que fontes próximas do processo referiram à CNBC no início deste mês que a Alibaba estimava angariar cerca de 13 mil milhões de dólares.

Os títulos da gigante do ecommerce chinês, que foi admitida à cotação na Bolsa de Nova Iorque em 2014, passaram assim a estar listados nos dois mercados.

A Alibaba emitiu 500 milhões de acções ordinárias, mais 75 milhões de opções “greenshoe” – que permitem aos bancos subscritores venderem mais acções do que a quantidade originalmente definida –, alcançando assim os 12,9 mil milhões de dólares.

O valor angariado pela venda das acções da Alibaba em Hong Kong fica acima da Uber, que ganhou 8 mil milhões de dólares em Maio. Além disso servirá de impulso para esse mercado, cujos negócios têm abrandado devido às tensões provocadas pelos protestos pró-democracia.

As acções da empresa nos EUA valorizaram 36% este ano, a beneficiar do crescimento do seu negócio de ecommerce e das novas divisões, como o cloud computing.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan