Alibaba entra na Bolsa de Hong Kong com emissão de 500 milhões de acções

Gigante do ecommerce chinês, cotada em Nova Iorque desde 2014, avança para segunda listagem em Hong Kong ainda este mês.

A Alibaba recebeu luz verde dos reguladores para avançar com a segunda listagem das suas acções na Bolsa de Hong Kong, provavelmente na última semana deste mês, onde deverá angariar cerca de 13 mil milhões de dólares, segundo referiram fontes próximas do processo à ‘CNBC’.

Os títulos da gigante do ecommerce chinês, que foi admitida à cotação na Bolsa de Nova Iorque em 2014, passam assim a estar listados nos dois mercados.

A Alibaba vai emitir 500 milhões de acções ordinárias mais 75 milhões de opções “greenshoe” – que permitem aos bancos subscritores venderem mais acções do que a quantidade originalmente definida.

O valor angariado pela venda das acções da Alibaba em Hong Kong será o mais elevado do ano nesse mercado bolsista, acima da Uber, que ganhou 8 mil milhões de dólares em Maio. Além disso servirá de impulso para esse mercado, cujos negócios têm abrandado devido às tensões provocadas pelos protestos pró-democracia.

As acções da empresa nos EUA valorizaram 36% este ano, a beneficiar do crescimento do seu negócio de ecommerce e das novas divisões, como o cloud computing.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan