Apple angaria 2 mil milhões de euros com obrigações verdes

Procura nas emissões de obrigações verdes na Europa é três vezes maior do que a oferta.

A Apple emitiu as suas primeiras obrigações verdes em euros, naquele que foi um dos maiores negócios de dívida sustentável na Europa, segundo o Financial Times.

O apetite dos investidores por obrigações verdes, um instrumento para financiar a descarbonização, levou a Apple a emitir 2 mil milhões de euros com maturidades a 6 e 12 anos e a avançar no prospecto que irá utilizar esses fundos para desenvolver produtos energeticamente mais eficientes e recicláveis e a reduzir as emissões de CO2 dos seus fornecedores.

A tecnológica, que afirma ser a maior empresa americana a emitir obrigações verdes, angariou mil milhões de dólares em 2017 e 1,5 mil milhões no ano anterior.

De acordo com o Financial Times, a Apple deverá divulgar anualmente de que forma está a utilizar o capital resultante das obrigações verdes assim como estimativas da redução de emissões de CO2 em resultado destes investimentos.

 

Em média, e segundo um relatório do BNP Paribas citado pelo FT, a procura durante a emissão de obrigações sustentáveis na Europa é três vezes maior do que a oferta.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Utilizadores do Facebook assinam guia do Porto
Automonitor
Túnel do Grilo: IP prevê investir 10 milhões de euros