Aumento de custos “limpa” 80 mil milhões do valor de mercado da Amazon

O lucro operacional da Amazon recuou no terceiro trimestre e o mercado não perdoou.

Logo após a apresentação dos resultados, os investidores desencadearam uma acentuada venda de acções da Amazon, nas horas após o fecho do mercado, retirando 80 mil milhões de euros ao valor de mercado da gigante norte-americana de e-commerce.

A Amazon indicou que o resultado operacional recuou para 3,2 mil milhões de dólares, um valor que compara com os 3,7 mil milhões reportados no mesmo período do ano anterior, motivado pelo aumento dos custos relacionados com o serviço de entregas no dia seguinte.

De acordo com o ‘Financial Times’, Jezz Bezos defendeu a sua decisão de investir fortemente na expansão do serviço de entregas no dia seguinte à compra, que permite aos clientes do serviço Prime receberem mais de 10 milhões de itens num prazo de 24 horas.

Para os investidores, «o principal argumento é de que estão a passar de um modelo de colheita para um modelo de investimento, às custas do resultado final. Este é um tom diferente. De repente, regressamos à velha Amazon», indicou um analista ouvido pelo ‘FT’.

Segundo Brian Olsavsky, CFO da Amazon, a empresa espera gastar cerca de 1,5 mil milhões de dólares com custos de transporte relacionados com as entregas em 24 horas, cerca do dobro do que gastou no segundo trimestre.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan