Bancos americanos com resultados mistos em dia de apresentação de contas

Citi e JPMorgan sobem lucros, Goldman Sachs e Wells Fargo descem

Citigroup, JPMorgan, Goldman Sachs e Wells Fargo deram hoje o pontapé de saída na apresentação dos resultados trimestrais da banca norte-americana.

O Citigroup reportou um crescimento de 6% no resultado líquido referente ao terceiro trimestre do exercício fiscal, para 4,9 mil milhões de dólares, impulsionado pela banca de retalho.

De acordo com a agência Reuters, o banco norte-americano reportou um crescimento de 4% nas receitas da unidade de retalho, excluindo flutuações cambiais, superando o negócio de clientes institucionais que aumentou 3%.

O negócio foi impulsionado pelo aumento do pagamento de juros dos cartões de crédito relacionados com as épocas promocionais.

Os lucros do JPMorgan também aumentaram no trimestre, para 9,1 mil milhões de dólares, mais 8,4% do que no mesmo período do ano anterior.

A instituição financeira atribuiu o bom desempenho à banca de retalho que compensou o efeito dos juros baixos. O consumidor mantém-se saudável, com crescimentos nos salários e nos gastos […] e níveis de desemprego baixos», afirmou Jamie Dimon, CEO do banco, em comunicado.

Por outro lado, tanto o Wells Fargo como o Goldman Sachs anunciaram quebras nos resultados, devido a despesas legais relacionadas com um escândalo de abertura de contas não autorizadas e à redução do apetite dos investidores nos negócios e acções, respectivamente.

O Wells Fargo reportou uma quebra de 23% no resultado líquido, para 4,6 mil milhões de euros, enquanto o Goldman Sachs anunciou um lucro de 1,8 mil milhões de euros em receitas de 8,32 mil milhões de euros.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan