BCE descarta mudanças na política monetária

Membro do Conselho de Governadores do BCE defende que países devem acompanhar política monetária através de reformas estruturais e fiscais.

O Banco Central Europeu está determinado em manter a actual política monetária até que as condições melhorem, de acordo com Bostjan Vasle, membro do Conselho de Governadores do BCE.

 

Citado pela agência Reuters durante uma conferência sobre banca, o governador do Banco Central da Eslovénia, Bostjan Vasle acrescentou que o BCE acredita que as taxas de juro devem manter-se baixas por um período mais longo e que a actual política monetária se destina a influenciar as taxas de juro a curto e longo prazo.

 

«Estamos cientes que o espaço para adoptar mais instrumentos está provavelmente a reduzir-se e pode levar a condições em que a eficácia dos instrumentos seja ainda menor enquanto os efeitos negativos se tornarão maiores», afirmou.

 

De acordo com Bostjan Vasle, consequentemente, os países do Euro têm de acompanhar a política monetária do BCE através de reformas estruturais e fiscais que promovam crescimento económico, o aumento da produtividade e que enfrentem os desafios do envelhecimento da população.

 

O governador do Banco Central da Eslovénia pediu ainda aos bancos que concedam mais empréstimos às empresas, mas advertiu que a ampla liquidez destas instituições financeiras pode levá-las a investimentos mais arriscados, ameaçando a estabilidade financeira.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Utilizadores do Facebook assinam guia do Porto
Automonitor
Túnel do Grilo: IP prevê investir 10 milhões de euros