BCE pode aumentar compra de títulos em mais 1 bilião de euros nos próximos três anos

O Banco Central Europeu dá sinais de querer apresentar soluções a pensar na recuperação a médio prazo, tentando ir mais além das medidas de curto prazo em que tem centrado a sua estratégia.

Neste momento, o Banco Central Europeu (BCE) admite expandir o seu programa de compra de títulos em mais 1 bilião de euros nos próximos dois a três anos, à medida que a inflação estiver no centro das atenções, de acordo com o economista europeu Berenberg Florian Hense, do banco alemão Berenberg, citado pela ‘CNBC’.

No início deste mês, o banco central aumentou o seu Programa de Compra de Emergência Pandémica (PEPP) em 600 bilhões de euros, para um total de 1,35  bilião de euros, numa tentativa de sustentar a economia contra as consequências da pandemia de coronavírus.

Hense acrescenta que, embora o mercado preveja mais uma expansão do envelope de PEPP em cerca de 500 a 600 mil milhões de euros, o BCE poderá proporcionar um aumento total entre 800 mil milhões e 1,6 bilião de euros, dependendo da perspectiva da inflação, o sucesso dos empréstimos de longo prazo do BCE e a revisão da estratégia de política monetária atualmente em pausa.

A escala sem precedentes de compras de ativos conseguiu acalmar os mercados financeiros após uma recessão histórica à medida que o coronavírus se espalhou pelo mundo, e Hense prevê que agora o BCE terá de voltar sua atenção para a inflação.

Hense identificou a decisão mais importante na reunião do Conselho do BCE, do início deste mês, com a vinculação do PEPP de 600 mil milhões de euros explicitamente à “revisão em baixa da inflação no horizonte da projeção”.

“Vincular o aumento do PEPP à inflação é um sinal claro de que o BCE mudou o seu foco da gestão de crises de curto prazo para apoiar a recuperação económica no médio prazo”, reforçou.

Embora as medidas políticas recentes do BCE, juntamente com estímulos fiscais dos governos e o plano de recuperação em potencial na UE, tenham um efeito positivo na inflação, Hense defende que é apenas uma questão de tempo até que o banco central elabore mais soluções.

 

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Eventos digitais: tendências, vantagens e preocupações
Automonitor
Covid-19: SEAT doa 100 mil euros para projeto #YoMeCorono