CGD avança com emissão de 500 milhões em dívida a 5 anos

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) está hoje no mercado para se financiar em 500 milhões de euros em títulos de dívida sénior não preferencial a cinco anos, confirmou fonte do banco público.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) está hoje no mercado para se financiar em 500 milhões de euros em títulos de dívida sénior não preferencial a cinco anos, confirmou hoje à Lusa fonte do banco público.

Os pormenores relativos à operação serão divulgados após o fecho do mercado.

A informação foi hoje avançada pela agência financeira Bloomberg, que adianta que procura mais do que duplicou a oferta, superando os 2,5 mil milhões de euros.

A operação, segundo a Bloomberg, está a ser conduzida por cinco bancos: CaixaBank, HSBC, Morgan Stanley, NatWest Markets e Société Générale.

Esta é a primeira vez que o banco público foi ao mercado de dívida desde junho de 2018, no âmbito do processo de recapitalização, no valor de 4,9 mil milhões de euros.

Em 21 de junho, a CGD emitiu 500 milhões de euros em dívida ‘tier2’ a contar para o reforço de capital.

Em comunicado enviado, na altura, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a CGD indicou que a emissão tinha um prazo de 10 anos, com opção de reembolso antecipado pelo banco no final do quinto ano a uma taxa de juro de 5,75% nos primeiros cinco anos.

A emissão foi colocada exclusivamente junto de investidores institucionais, sobretudo gestores de ativos, tendo sido a última etapa do reforço do capital da CGD, acordada entre o Estado português e a Comissão Europeia em 2017.

Daquele valor, 3,9 mil milhões de euros vieram do Estado, sendo que 2,7 mil milhões de euros foram através de injeção de dinheiro, e foi ainda acordada uma emissão de mil milhões de euros de dívida, essencial para que a operação não fosse considerada ajuda do Estado.

A primeira parte da emissão de dívida foi realizada em 23 de março de 2017, no valor de 500 milhões de euros, a uma taxa de juro de 10,75%, tendo ficado a segunda parte da emissão agendada para 2018.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan