Covid-19. Arábia Saudita investe mais de 900 milhões em petrolíferas europeias

O investimento foi feito em quatro das principais empresas de petróleo europeias: Royal Dutch Shell, Total , Eni e Equinor.

As desvalorizações causadas ​​pelas últimas quebras no mercado de ações foram aproveitadas pela Arábia Saudita, através de seu fundo soberano, para adquirir ações no valor total de cerca de mil milhões de dólares, em quatro das principais empresas de petróleo europeias: Royal Dutch Shell, Total , Eni e Equinor.

As informações, divulgadas pelo Wall Street Journal nas vésperas da reunião da OPEP +, indicam que o fundo soberano saudita, Fundo de Investimento Público (PIF), está a comprar ações de empresas petrolíferas europeias praticamente em todas as últimas semanas.

Fontes próximas das transações garantem à Reuters que as compras aceleraram uma vez que os preços das companhias de petróleo europeias entraram na fase de correção, com a consequente atratividade do ponto de vista de seu rendimento de dividendos.

As mesmas fontes acrescentam que, o fundo soberano da Arábia Saudita (PIF), está otimista com a evolução do preço do petróleo a longo prazo, e decidiram aproveitar as reduções de preço com as quais as companhias de petróleo europeias passaram a negociar.

O fundo soberano saudita administra quase 300 mil milhões em ativos, e os seus investimentos mais notáveis ​​incluem participações em empresas como Uber, SoftBank ou, mais recentemente, na empresa de cruzeiros Carnival.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Chefs, arte e storytelling de vinhos. Conheça o novo P.L.A.C.E
Automonitor
VLV: O primeiro Peugeot elétrico que se estreou em… 1941