Covid-19. Há gigantes norte-americanas a beneficiar com a pandemia

Desde o início do ano, o industrial Dow Jones já perdeu 23,21%, o S&P 500 derrapou perto de 20%, enquanto o Nasdaq depreciou 14,18%.

A disseminação do coronavírus fez estremecer o setor financeiro. Mas algumas empresas, pela natureza do negócio, têm conseguido escapar às quedas dos mercados nos últimos dias. 

A Regeneron Pharmaceuticals, cotada no índice Nasdaq, e que trabalha no desenvolvimento de um tratamento para o coronavírus, é uma das empresas que apresenta ganhos de 11,81% se tivermos em conta os últimos cinco dias.

No mesmo sentido, a Zoom Video, cotada no tecnológico Nasdaq, e que fornece serviços de videoconferência para empresas viu os seus títulos crescer 21,58% no último mês. Também, a Teladoc Health, que negoceia no Nasdaq, e tem como serviço ligar pacientes e médicos online, abriu hoje a ganhar perto de 1%.

Na mesma linha, as ações da Netflix têm estado em alta, registando uma subida de 9,52% nos últimos cinco dias. Os analistas do UBS Global Wealth Management prevêem ainda que o preço das acções das empresas dedicadas ao comércio eletrónico, como a Alibaba e a Amazon, deverão continuar a manter-se em terreno positivo- nos últimos cinco dias negociaram em terreno verde ( 1% e 2%, respetivamente).

Desde o início do ano, o industrial Dow Jones já perdeu 23,21%, o S&P 500 derrapou perto de 20%, enquanto o Nasdaq depreciou 14,18%.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Eventos digitais: tendências, vantagens e preocupações
Automonitor
Covid-19: SEAT doa 100 mil euros para projeto #YoMeCorono