Economia cresce em linha com o estimado pelo governo

Produto Interno Bruto cresceu 1,9% no terceiro trimestre do ano, face ao mesmo período do ano anterior.

O Produto Interno Bruto português cresceu 1,9% no terceiro trimestre do ano, taxa idêntica à do mesmo período do ano anterior, e em linha com o estimado pelo Governo de António Costa para o total de 2019.

De acordo com as Contas Nacionais trimestrais publicadas pelo INE, «o contributo da procura interna para a variação homóloga do PIB manteve-se em 3,2 p.p., verificando-se uma aceleração do consumo privado e um crescimento menos intenso do Investimento».
A procura externa líquida apresentou um contributo negativo de 1,3 p.p., à semelhança do segundo trimestre, «registando-se uma aceleração das Importações e das Exportações de Bens e Serviços». Em termos nominais o PIB aumentou 3,4%, mais 0,2 p.p. que no trimestre anterior, reflectindo o impacto no deflactor da melhoria dos termos de troca (no 2º trimestre tinha-se registado uma pequena deterioração dos termos troca).

Quando comparado com o trimestre imediatamente anterior, o PIB aumentou 0,3%, menos do que os 0,6% registados no trimestre anterior, «em resultado de um contributo de 0,9 p.p. da procura interna para a variação em cadeia do PIB (0,6 p.p. no trimestre precedente), enquanto a procura externa líquida apresentou um contributo de -0,6 p.p. (contributo nulo no 2º trimestre)».

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan