Economia portuguesa com capacidade de financiamento de 0,4% do PIB

A economia portuguesa apresentou, no ano acabado no segundo trimestre de 2019, uma capacidade de financiamento de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB), mantendo a sucessão de saldos positivos registados desde o final de 2012.

A economia portuguesa apresentou, no ano acabado no segundo trimestre de 2019, uma capacidade de financiamento de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB), mantendo a sucessão de saldos positivos registados desde o final de 2012.

Em comunicado hoje divulgado, o Banco de Portugal (BdP) diz que este resultado “reflete a capacidade de financiamento das sociedades financeiras, dos particulares e das administrações públicas (respetivamente de 3%, 1% e 0,2% do PIB), a qual excedeu a necessidade de financiamento das sociedades não financeiras (-3,9% do PIB)”.

Os particulares foram o único setor a registar uma redução dos ativos financeiros líquidos, diminuindo 0,4 pontos percentuais do PIB face ao período homólogo.

BdP explica que “esta descida resulta do efeito neste rácio do crescimento do PIB“.

No final do segundo trimestre de 2019, a economia portuguesa apresentava uma posição financeira líquida face ao resto do mundo de -104,4% do PIB, que compara com -110,1% do PIB no final do segundo trimestre de 2018, acrescenta.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Volvo vai lançar um carro eléctrico por ano
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?