Em tempos de pandemia EDP avança com pagamento de 695 milhões em dividendos

A nota informa ainda que também serão entregues entregues 6,2 milhões como dotação para a Fundação EDP e usados perto de 20 milhões de euros como resultados transitados.

Os acionistas da EDP Energias de Portugal, reunidos na assembleia geral anual, aprovaram a distribuição de 695 milhões de euros em dividendos, segundo comunicado divulgado pela CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, esta quinta-feira.

A empresa informou que foi aprovada a proposta da administração de distribuir dividendos de 0,19 euros por ação, sendo que o valor total será de aproximadamente 695 milhões de euros (694.742.165,85 euros), o que se traduz num aumento face aos 512 milhões de euros registados no ano passado.

A nota informa ainda que também serão entregues entregues 6,2 milhões como dotação para a Fundação EDP e usados perto de 20 milhões de euros como resultados transitados.

Importa recordar as recentes recomendações da CMVM, aconselhando as empresas a adotar “princípios de sustentabilidade, assentes em perspetivas que valorizem o médio e longo prazo e todas as partes interessadas na vida da empresa, visando assegurar a necessária resiliência operacional e financeira num contexto de risco acrescido” face à pandemia da covid-19.

Nestas orientações, a CMVM recomenda que esses princípios sejam usados também na informação ao mercado e prestação de contas, referindo que “propostas de distribuição de dividendos e recompra de ações devem ser cuidadosamente ponderadas e claramente enquadradas e justificadas perante os desafios e riscos de médio prazo de cada emitente” e que “requerem a explicitação por cada entidade dos planos de continuidade de negócio que estão a ser adotados, visando assegurar a respetiva resiliência operacional no médio prazo e perante cenários adversos”.

 

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Eventos digitais: tendências, vantagens e preocupações
Automonitor
Covid-19: SEAT doa 100 mil euros para projeto #YoMeCorono