Envelhecimento da população portuguesa com impacto de 5% no PIB até 2040

Na última análise da agência ao rating de Portugal, no início deste mês, a agência defendeu que seria positivo para a economia ser encorajada a entrada de trabalhadores mais velhos (acima de 55 anos) no mercado de trabalho.

Atendendo à trajetória ascendente de custos que representa, o envelhecimento da população fará aumentar os requisitos de dívida e financiamento de muitas economias avançadas nas próximas décadas, segundo apurou o mais recente relatório da Moody’s, divulgado esta quarta-feira, dia 4 de março.

O relatório de Moody’s abrange Portugal, Espanha, Áustria, Bélgica, Alemanha, Grécia, Itália, Japão, Coreia, Holanda, Polónia, e Suíça. Estes países não são apenas os que mais envelhecem globalmente, mas as simulações de Moody’s sugerem que seus saldos fiscais – contramedidas ausentes – se deteriorarão significativamente até 2040, com todos, exceto a Alemanha, a registarem potencialmente um défice fiscal.

Esta análise destaca ainda que, em simultâneo, fruto da redução da força de trabalho e da poupança das famílias, existirão maiores restrições ao financiamento para os governos, um quadro que eleva a fasquia em termos políticos no que toca à consolidação fiscal, eventuais taxas de juros mais altas ou ainda de possíveis participações superiores em dívidas por parte banco central.

“Novas e mais amplas lacunas de financiamento para os governos, devido ao envelhecimento, assim como a ausência de medidas para compensar essas tendências, teriam efeitos indiretos sobre os custos de empréstimos e acessibilidade da dívida”, reforça Christian Fang, vice-presidente e analista assistente da agência. “Embora os bancos centrais possam intervir para manter um controle sobre as taxas de juros, isso pode apresentar desafios relacionados ao desenho e à eficácia da política monetária”, conclui.

No que concerne à poupança, a Moody’s antevê que a curto e médio prazo, as taxas de poupança das famílias possam aumentar mas, a longo prazo, tudo indica que o envelhecimento da população levará a uma redução das taxas de poupança das famílias à medida que a proporção de aposentados e a população em idade ativa aumente.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Eventos digitais: tendências, vantagens e preocupações
Automonitor
Covid-19: SEAT doa 100 mil euros para projeto #YoMeCorono