Está aberta a época de apresentação de resultados. Veja aqui o calendário

A Galp deu o pontapé de saída na apresentação de resultados obtidos nos primeiros nove meses do ano.

As empresas começaram a apresentação de resultados trimestrais, que vão ocorrer sobretudo nas próximas duas semanas. As cotadas nacionais têm dois meses após o fecho do trimestre para apresentar as suas contas, caso optem por comunicar os resultados trimestrais. Há infelizmente empresas que não o fazem, nomeadamente, a Mota-Engil e a Novabase.

Antes da abertura ou depois do fecho

Em regra, as empresas não apresentam resultados durante o horário de negociação da bolsa. Algumas optam por fazê-lo de manhã, antes da abertura do mercado (AA), e outras fazem-no ao fim da tarde, após o fecho (AF).

O efeito prático é que, no caso das apresentações após o fecho, os investidores apenas vão reagir aos resultados na sessão de bolsa seguinte ao dia em que são efetivamente apresentados, explica a Proteste Investe.

Na sessão após a apresentação, e por vezes também nas seguintes, a volatilidade tende a aumentar, consoante os resultados apresentados e as expectativas dos investidores.

Mas não se preocupe excessivamente: para quem investe a longo prazo, na maioria dos casos estas oscilações da cotação são relativamente pouco relevantes. No entanto, há que estar atento.

data empresa
 22 outubro Galp (AA)
 23 outubro Jerónimo Martins (AF)
 29 outubro Navigator (AF)
 30 outubro CTT (AF), EDP Renováveis (AA), Sonae Indústria, EDP (AF)
 31 outubro Semapa
 6 novembro NOS
 7 novembro Corticeira Amorim, BCP (AF), Sonae Capital, Altri, Cofina
 13 novembro Sonae (AF)
 15 novembro REN (AF)
 Não divulgada Impresa
 Não apresentam Mota-Engil, Novabase

AA: Antes da abertura; AF: Após o fecho do mercado.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan