EUA: Fed alerta para vulnerabilidades significativas no setor financeiro

“Consequentemente, espera-se que as vulnerabilidades do setor financeiro sejam significativas no curto prazo”, aponta a Fed.

A Federal Reserve (Fed) dos Estados Unidos destacou as perdas de empregos e os riscos para o setor financeiro, no seu ‘report’ semestral ao Congresso, divulgado esta sexta-feira.

“Apesar da maior resiliência das reformas financeiras e regulatórias adotadas desde 2008, as vulnerabilidades do sistema financeiro – principalmente as associadas à transformação de liquidez e maturidade no setor financeiro não bancário – amplificaram alguns dos efeitos económicos da pandemia”, afirmou a Fed, em declarações citadas pela ‘Bloomberg’.

“Consequentemente, espera-se que as vulnerabilidades do setor financeiro sejam significativas no curto prazo”, reforçou ainda, destacando também os riscos para a economia e a perda de empregos, com uma seção dedicada ao tema.

Recorde-se que a comissão de política da Fed, esta semana, votou para manter as taxas de juros próximas de zero. Nas primeiras previsões desde dezembro, a Comissão Federal de Mercado Aberto projetaram uma taxa de desemprego de 9,3% no final do ano, diminuindo lentamente nos próximos dois anos, com inflação abaixo da meta de 2% da Fed, até 2022, refletindo a fraca procura.

“As perspectivas para a atividade pandémica e económica são incertas. A curto prazo, os riscos associados ao curso da covid-19 e aos seus efeitos sobre as economias dos EUA e do mundo permanecem altos ”, observou o relatório . “Muitos, e variados, dados revelam uma imagem alarmante da saúde das pequenas empresas durante a crise da covid-19”.

O presidente do Fed, Jerome Powell, em conferência de imprensa, esta semana, sugeriu que a economia levará anos para recuperar os mais de 20 milhões de empregos perdidos devido à recessão induzida por coronavírus, chamando o impacto de “comovente” para trabalhadores e minorias de baixos rendimentos.

O relatório semestral precede o depoimento de Powell ao Congresso, na próxima terça-feira, no Senado. O Relatório de Política Monetária agora divulgado visa informar o Congresso sobre as perspectivas da Fed e a perceção de riscos para o crescimento dos EUA e do mundo.

O banco central apresentou nove programas de empréstimos de emergência para manter o crédito fluindo durante a pandemia, embora um dos mais aguardados. Na segunda-feira, expandiu esse programa para incluir empresas menores e disse que estaria aberto, “em breve”, a credores qualificados.

Powell repetiu esta perspetiva na quarta-feira e acrescentou que a Fed está a analisar com muita veemência como pode incorporar organizações sem fins lucrativos no programa ‘Main Street’ ou numa instalação própria.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Eventos digitais: tendências, vantagens e preocupações
Automonitor
Covid-19: SEAT doa 100 mil euros para projeto #YoMeCorono