Ex-banqueiro do Crédit Suisse recebeu milhões em subornos de empresas moçambicanas

Andrew Pearse fonfessa que outros quatro banqueiros também foram favorecidos.

Um ex-banqueiro do Crédit Suisse confessou perante um tribunal norte-americano que recebeu, pelo menos, 45 milhões de dólares em pagamentos ilícitos para conceder empréstimos no valor de 2 mil milhões de dólares a empresas moçambicanas.

De acordo com a agência Reuters, Andrew Pearse confessou ainda que quatro outros banqueiros da instituição financeira receberam subornos de milhões de dólares da construtora naval Privinvest Group.

“Todos eles desempenharam um papel em garantir que o banco concedia os empréstimos», afirmou, acrescentando que «forneceram ao banco informação falsa sobre a Privinvest».

Os procuradores alegam que oficiais do governo moçambicano, executivos e banqueiros de investimento furtaram cerca de 200 milhões de dólares através deste esquema.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira