Famílias recorrem mais ao crédito para consumo

Impulso do crédito ao consumo compensa quebra no crédito à habitação

A taxa de variação anual dos empréstimos concedidos às famílias em Setembro aumentou 0,1 pontos percentuais (pp) face a Agosto, para 0,5%, com o impulso do crédito ao consumo a compensar a quebra no crédito à habitação.

De acordo com a nota de informação estatística ‘Empréstimos concedidos pelo setor financeiro’, do banco de Portugal, a taxa de variação anual (tva) do crédito à habitação diminuiu 0,1 pp, para -0,6%, enquanto a tva do consumo e outros fins aumentou 0,4 pp, para 4,5%.

O rácio de crédito vencido das famílias recuou 0,1 pp, face ao mês anterior, para 2,9%, enquanto a percentagem de devedores com crédito vencido se manteve em 9,9%.

Por outro lado, a tva dos empréstimos concedidos às sociedades não financeiras manteve o valor registado em agosto de -0,3%, enquanto o rácio de crédito vencido foi de 8,2%, reflectindo uma diminuição de 0,3 pp. A percentagem de devedores com crédito vencido diminuiu 0,3 pp, para 20,6%.

Nas empresas exportadoras privadas, a tva foi de -0,9%, menos 0,8 pp do que em Agosto.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Utilizadores do Facebook assinam guia do Porto
Automonitor
Túnel do Grilo: IP prevê investir 10 milhões de euros