Investimento em expansão leva Revolut a duplicar prejuízos

Plataforma financeira perde mais em 2018, mas reporta crescimento das receitas.

A Fintech britânica Revolut duplicou o prejuízo em 2018, para 37 milhões de euros, impulsionado pelo investimento na sua expansão global, enquanto as receitas cresceram 354% para 65,5 milhões de euros face ao exercício fiscal anterior.

A plataforma financeira fundada em 2015 por Nik Storonsky e Vlad Yatsenko indicou em comunicado que os custos directos «dispararam 247% e as principais causas são a emissão de cartões, os encargos associados a parceiros e os custos de aquisição de clientes».

A startup estima triplicar as receitas este ano, através do crescimento do número de clientes, lançamento de novos produtos, optimização de produtos existentes e expansão para novos mercados. Ainda de acordo com a Revolut, o número de clientes é já superior a 7 milhões, 3,7 milhões dos quais utilizadores activos mensais.

A companhia britânica iniciou actividade em 2015 com um cartão pré-pago e uma app que permitem aos utilizadores fazer pagamentos sem taxas de câmbio quando viajam, tendo desde então avançado para as contas empresariais, negociação de criptomoedas e corretagem.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Volvo vai lançar um carro eléctrico por ano
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?