Pêra e vinhos portugueses protegidos contra imitações

Acordo entre União Europeia e China garante protecção para 100 Indicações Geográficas europeias e 100 chinesas.

Os vinhos do Alentejo, Dão e Douro, Vinho Verde e do Porto e a Pêra Rocha do Oeste passaram a estar protegidos contra imitações e usurpações, ao abrigo de um acordo bilateral realizado entre a União Europeia e a China.

Segundo um comunicado da Comissão Europeia, o acordo prevê a protecção de 100 Indicações Geográficas (IG) europeias na China e de 100 IG chinesas na UE.

Este acordo, cujo compromisso foi firmado em Abril deste ano, deverá resultar em benefícios comerciais para os dois mercados.

A China é o segundo maior destino das exportações agro-alimentares da UE, tendo alcançado os 12,8 mil milhões de euros entre Setembro de 2018 e Agosto deste ano. «É ainda o segundo destino de exportação de produtos protegidos pela IG, representando 9% do seu valor, incluindo vinhos, produtos agro-alimentares e bebidas espirituosas», refere a Comissão Europeia em comunicado.

Entre os 100 produtos europeus agora protegidos está o whiskey irlandês, a vodca polaca, presunto de Parma e o queijo Manchego espanhol. Do lado chinês, encontra-se o Pixian Dou Ban (pasta de feijão Pixian), o Anji Bai Cha (chá branco Anji), o Panjin Da Mi (arroz Panjin) e o Anqiu Da Jiang (gengibre Anqiu).

O acordo, após as aprovações necessárias, deverá entrar em vigor  antes do final do próximo ano.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Utilizadores do Facebook assinam guia do Porto
Automonitor
Túnel do Grilo: IP prevê investir 10 milhões de euros