Portugal melhora posição de investimento internacional

De acordo com dados do Banco de Portugal, a melhoria alcançou os 2,6 mil milhões de euros no final de Setembro.

Portugal melhorou a sua posição de investimento internacional no final de Setembro, embora se mantenha negativa em 212,6 mil milhões de euros,

De acordo com a nota de Informação Estatística divulgada hoje pelo Banco de Portugal, a melhoria de 2,6 mil milhões de euros em relação ao final de 2018 reflecte o contributo das transacções (mais 1,2 mil milhões de euros), as variações cambiais (mais mil milhões de euros) e os outros ajustamentos (mais 500 milhões de euros), os quais foram parcialmente compensados pelas variações de preço (menos 100 milhões de euros).

No período em análise, a posição do investimento internacional em percentagem do PIB também registou uma variação positiva, de acordo com o Banco de Portugal, «passando de -105,6% no final de 2018, para -102% no final de Setembro de 2019».

Já a dívida externa líquida de Portugal, «que resulta da PII excluindo, fundamentalmente, os instrumentos de capital, ouro em barra e derivados financeiros, foi, em Setembro de 2019, de 185,6 mil milhões de euros. Em percentagem do PIB, a dívida externa líquida reduziu-se em 2,1 pontos percentuais entre o final de 2018 e o final de Setembro de 2019. A dívida externa líquida passou de 91,2 para 89,1%, em grande medida devido ao aumento do PIB», conclui o BdP.

 

 

 

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan