Portugal regista 4ª maior subida da carga fiscal na UE

Esta é a primeira subida desde 2015, de acordo com o Eurostat.

A carga fiscal em Portugal em percentagem do Produto Interno Bruto agravou-se em 0,7 pontos percentuais no ano passado face a 2017, para 37,2%, de acordo com os últimos dados publicados pelo Eurostat.

Segundo o gabinete de estatísticas da União Europeia esta é a primeira subida desde 2015, quando a carga fiscal representou 37% do PIB.

Ainda assim, Portugal, que tem a 15ª carga fiscal mais elevada da UE a 28, permaneceu abaixo da média do bloco europeu, que se situou nos 40,3%, representando um ligeiro aumento face aos 40,2% reportados em 2017.

Na área do Euro, as receitas de impostos representaram 41,7% do PIB em 2018, acima dos 41,5% do ano anterior.

Portugal foi o 4º país da Zona Euro com maior crescimento da carga fiscal em percentagem do PIB entre 2017 e 2018 – e o 8º da UE –, sendo o ranking encabeçado pelo Luxemburgo, Lituânia e Espanha.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan