Preço do petróleo pode duplicar para os 150 dólares caso guerra entre EUA e Irão avance

Os preços do petróleo registaram uma nova subida, ultrapassando os 70 dólares por barril, consequências do conflito entre os EUA e o Irão.

O preço do petróleo está a registar aumentos consecutivos desde segunda-feira e já ultrapassou os 70 dólares por barril, o que não acontecia desde maio de 2019.

A percentagem aumentou em 2% face aos ganhos de sexta-feira e os especialistas alertam que estes valores podem duplicar para os 150 dólares, se o conflito entre os EUA e o Irão se transformar numa guerra, depois do assassinato de um importante general iraniano.

Esta situação, a acontecer, causaria um efeito indireto na economia mundial, uma vez que os preços da gasolina para os consumidores iriam aumentar, pressionando consequentemente o custo de uma ampla gama de mercadorias.

Será praticamente impossível os motoristas não se sentirem afetados com este aumento, mesmo que os valores permaneçam iguais aos atuais, nos 70 dólares por barril, a gasolina poderá disparar para máximos de mais de sete meses.

O aumento dos preços intensificou-se desde que o Presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou um ataque com drones que causou o assassinato de Qassem Soleimani, chefe da elite Quds Force, do Irão, causando um clima de grande instabilidade e conflito entre americanos e iranianos.

Donald Trump deixou bem clara a sua vontade, ao prometer um ataque aberto ao país do Médio Oriente, caso o mesmo decidisse retaliar, facto esse que provocou temores de uma possível guerra na região.

Para além de todas as consequências para a vida humana que podem advir desta eventual guerra, o conflito afeta o suprimento mundial de petróleo, com diversas instalações e vias de transporte importantes, vistas como potenciais alvos para a retaliação iraniana.

Teerão pode vir a bloquear o Estreito de Hormuz, artéria através da qual circulam cerca de um quinto dos suprimentos de petróleo a nível mundial.

O FTSE 100 caiu 0,6% na sexta-feira, para 7.576, enquanto os preços do ouro subiram para sete anos, à medida que os investidores procuravam por seguros ativos.

5% do petróleo importado por Portugal é fornecido pelo Iraque

 

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Usados Renault Trucks em campanha