Rio Tinto descobre lítio acidentalmente e tem momento “eureka”

Mineira britânica procurava ouro e encontra grande reserva de lítio.

A Rio Tinto, uma das maiores mineiras mundiais, anunciou ter descoberto acidentalmente nos EUA uma potencial grande reserva de lítio, essencial para produzir as baterias dos automóveis eléctricos.

A empresa britânica, citada pelo Financial Times, afirmou ter tido um momento “eureka” enquanto procurava ouro num grande volume de desperdício de pedra.

Caso consiga processar a rocha em larga escala, a empresa pode torna-se na maior produtora de lítio nos EUA. O mercado mundial, de acordo com o FT, é dominado por cinco produtores, dois deles chineses, que produzem este metal alcalino na América do Sul e na Austrália. Nos EUA há apenas um produtor que não divulga os resultados, mas de acordo com analistas ouvidos pela publicação não será em grande escala.

Há dois anos, a Rio Tinto equacionou adquirir uma participação na chilena SQM, segunda maior produtora mundial, mas foi ultrapassada pela chinesa Tianqi Lithium.

A empresa anunciou que vai investir 10 milhões de dólares numa fábrica-piloto para tratar a rocha e tornar o lítio apto para as baterias, o suficiente para 30 Tesla Modelo S.

Posteriormente irá investir mais 50 milhões, que lhe permitirão produzir lítio para alimentar 15 mil Tesla S por ano.

Ler Mais
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nova Kinda de Oeiras tem um corredor infinito e um Design Studio
Automonitor
Cepsa Black Week começa esta sexta-feira