Suíça e Costa Rica fora da “lista cinzenta” da UE

No total, são cinco os países que deixam de constar da “lista cinzenta” de paraísos fiscais.

A União Europeia vai retirar a Suíça e a Costa Rica da “lista cinzenta” de paraísos fiscais já na próxima semana, por considerar terem sido cumpridos os compromissos de alteração dos seus regimes nacionais para cumprir as exigências de Bruxelas.

Na reunião de ministros da Economia e Finanças da UE, no próximo dia 10 de Outubro, também a Albânia, a Sérvia e as Ilhas Maurícias deixam de constar desta lista, segundo um documento apresentado esta sexta-feira.

Esta lista inclui todas as jurisdições em que a UE identificou problemas de cooperação em matéria tributária, mas que se comprometeram a alterar a legislação para cumprir as normas europeias.

Já da “lista negra” devem sair os Emiratos Árabes Unidos e as Ilhas Marshall, passando para a “cinzenta” até que alteram a legislação.

A UE criou a “lista negra” de paraísos fiscais em Dezembro de 2017, que é revista e actualizada periodicamente.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Sporting CP: partilhar é o maior presente de todos
Automonitor
Renault lamenta morte do pai dos Dacia Kwid, Sandero e Logan