Covid-19: “UE e a democracia têm de estar à altura”. Manifesto de economistas portugueses exige programa de emergência

O documento agora divulgado, é da responsabilidade de um grupo de 13 economistas portugueses e vem defender um programa de emergência de larga escala na UE, que requer um financiamento de emergência também de grande escala.

“Um programa de emergência de larga escala requer um financiamento de emergência também de grande escala. Dadas as circunstâncias excecionais, o BCE tem de ser autorizado a financiar tal programa. A UE tem de atuar já, não só para evitar o sofrimento da sua população, mas também para se salvar a si mesma e os valores democráticos”, defende, em Manifesto, um grupo de economistas da Nova SBE, Universidade do Minho, Universidade de Coimbra e ISEG.

O documento agora divulgado, a que o Expresso teve acesso, é da responsabilidade de um grupo de 13 economistas portugueses e vem defender um programa de emergência de larga escala na União Europeia, que requer um financiamento de emergência também de grande escala.

“O Banco Central Europeu tem de ser autorizado a financiar tal programa”, defendem estes economistas da Nova SBE, Universidade do Minho, Universidade de Coimbra e ISEG.

No manifesto deixam ainda claro que, atendendo a que o desafio é manter a produção de bens e serviços essenciais e garantir que chegam a tempo a hospitais, famílias e empresas, para sair da crise económica “temos antes de resolver a crise na saúde”.

Os signatários deste manifesto são: Cátia Batista (Nova SBE); Fernando Alexandre (Universidade do Minho); Fernando Anjos (Nova SBE); João Cerejeira (Universidade do Minho)
José Tavares (Nova SBE); Luís Aguiar-Conraria (Universidade do Minho); Miguel Portela (Universidade do Minho); Odd Straume (Universidade do Minho); Pedro Bação (Universidade de Coimbra); Pedro Brinca (Nova SBE); Sandra Maximiniano (ISEG, Universidade de Lisboa)
Susana Peralta (Nova SBE); Tiago Sequeira (Universidade de Coimbra).

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Eventos digitais: tendências, vantagens e preocupações
Automonitor
Covid-19: SEAT doa 100 mil euros para projeto #YoMeCorono